Emily Walker
May 22, 2018

First Ever Post

0 comments

Edited: May 22, 2018

This is super exciting. I'd like to introduce a song that Caxixi recommended at our last Sunday class;

Song: Jangadeiro

Rhythm: Banguela

Composer: Graduado Kamaleão

 

Chorus: lelelelelelele ô jangadeiro solte o remo que a jangada já virou

View the full lyrics and hear the chorus here http://www.capoeiraflow.com/jangadeiro

 

New Posts
  • Sanita/Trançinha
    Jan 16

    Hoje tem capoeira É dia de roda O dendê tá bom O dendê tá bom Sente o dendê Chorus/Refrão: Hoje tem capoeira É dia de roda O dendê tá bom O dendê tá bom Sente o dendê Só quem é capoeira Sente arrepio no corpo Mesmo de fora da roda Movimenta balança com o jogo É que o dendê tá bom Sente o dendê (Chorus/Refrão) E se tem diferenças Deixe pra outro dia Hoje não é o momento não É outra energia É que o dendê tá bom (Chorus/Refrão) Se tem novas cantigas Cante pro povo escutar Também cante as antigas Pra poder recordar É que o dendê tá bom Sente o dendê (Chorus/Refrão) Quando o mestre jogar Aprenda com sua cadência Seu jeito no olhar Traz muita experiência É que o dendê tá bom Sente o dendê (Chorus/Refrão)
  • Sanita/Trançinha
    Oct 5, 2018

    Eu carrego um amor no meu peito E nem todo mundo pode entender A magia de ser capoeira Só quem trás na alma consegue saber (Coro) A surpresa do capoeirista É saber enganar e negaciar No finge que vai mas não vai No balanço de corpo ele vai te pegar (Coro) No tocar do berimbau E sentir o corpo arrepiar Carregando seu Mestre na alma Seu grupo no peito e representar (Coro) Na vida muito vai cair E algumas vezes não vai levantar Mas tendo boas amizades Com companheirismo eles vão te ajudar (Coro) Não pense que é fácil assim Ser bom capoeira não é meu senhor Pernadas qualquer um da Quero ver fundamento mostrar seu valor (Coro) Eu digo com propriedade Essa arte é sim a melhor do mundo Primeiro ajudou os escravos E hoje me guia para um bom futuro (Coro)
  • Sanita/Trançinha
    Oct 1, 2018

    À religião do branco, oprimiu religião do negro, Você para pra falar de Deus, mas na realidade age com preconceito Coro (Com meu berimbau na mão e a roupa branca) Às vezes fico pensando, que a capoeira une as desigualdades, preto branco pobre e rico, dentro de uma roda tudo isso é verdade Coro (Com meu berimbau na mão e a roupa branca) O branco e sinal de paz, não é nada de religião, e luta de resistência, que os negros sofreram na escravidãoooooo Coro (Com meu berimbau na mão e a roupa branca) O negro andando de branco, oi dizem logo que é religião, ei branco andando de branco, oi dizer que é doutor com berimbau isso é preconceitoooooo Coro (Com meu berimbau na mão e a roupa branca)